4 de outubro de 2010

Tombo, Chororô e Conjutivite!!!

Olá Meninas...
Como foi de final de Semana???
o meu não foi dos melhores Naum!!!
no Sabado Davi começou a trocar Passinhos Seguros \o/
Mas ele empolgou, foi se Apoiar na Mesinha de Centro e PUFF!
Davi Desequilibou e Bateu a Boquinha na Quina da Mesa!!!
Que Desespero, Eu o Pai a Avó o Avô, a Dinda... Todo Mundo la em volta...
e nada Podemos Fazer (como é RAPIDO)
então... meu coração Latejou de ver meu Filhotinho aos prantos, com sangue na Boca!!!
Graças a Deus foi um corte superficial... Bastou umaa Agua geladinha, ja estancou o Sangue
e Davi ja parou o Chororô.
Fomos para Casa... e tivemos a Pior Noite...
Davi Acordava de hora em hora... Chorando Muitooo!
e ja não sabia mais oq Fazer...
Amanheceu e lah estava a Causa de Tanto Pranto...
Os Olhinhos dele cheio de remelinhas (muitas), limpa e ela Brota!
Fomos Ao P.A, e veio a Constatação... Conjutivite!!!
Ja não Bastava o Tombo + Conjutivite = Muitoooooooo Chamego!
a Cada Limpeza nos Olhinhos Muitooo Choro...
Mas enfim, Graças a Deus isso tudo Passará!

Fotinhos do Davi no Final de Semana!!!
Separei uma Pesquisinha que Fiz Sobre a Conjutivite!
 Site: Guia Infantil
A conjuntivite é a inflamação da membrana ocular, acompanhada de vermelhidão e secreção. A causa da conjuntivite pode ser infecciosa, alérgica ou tóxica.
A conjuntivite infecciosa é transmitida, mais freqüentemente, por vírus ou bactérias e pode ser contagiosa. O contágio se dá, nesse caso, pelo contato. Assim, estar em ambientes fechados com pessoas contaminadas, uso de objetos contaminados, contato direto com pessoas contaminadas ou até mesmo pela água da piscina são formas de se contrair a conjuntivite infecciosa. Quando ocorre uma epidemia de conjuntivite, pode-se dizer que é do tipo infecciosa.
A conjuntivite alérgica é aquela que ocorre em pessoas predispostas a alergias (como quem tem rinite ou bronquite, por exemplo) e geralmente ocorre nos dois olhos. Esse tipo de conjuntivite não é contagiosa, apesar de que pode começar em um olho e depois se apresentar no outro. Pode ter períodos de melhoras e reincidências, sendo importante a descoberta da causa da conjuntivite alérgica.
A conjuntivite tóxica é causada por contato direto com algum agente tóxico, que pode ser algum colírio medicamentoso ou alguns produtos de limpeza, fumaça de cigarro e poluentes industriais. Alguns outros irritantes capazes de causar conjuntivite tóxica são poluição do ar, sabão, sabonetes, spray, maquiagens, cloro e tintas para cabelo. A pessoa com conjuntivite tóxica deve se afastar do agente causador e lavar os olhos com água abundante. Se a causa for medicamentosa é necessário a suspensão do uso, sempre seguindo uma orientação médica.

Sintomas da Conjuntivite

Os principais sintomas da conjuntivite são:
• Olhos vermelhos e lacrimejantes, devido à dilatação dos vasos sanguíneos locais;
• Inchaço (edema) do olho ou pálpebra, devido ao acúmulo de líquido no local;
• Sensação de areia ou de ciscos nos olhos;
• Aumento do lacrimejamento com a presença de secreção purulenta;
• Incomodo causado pela luz;
• Em alguns casos, febre e dor de garganta.


Causas da conjuntivite nas crianças e bebês

A conjuntivite pode ser causada por um vírus, uma bactéria, ou por uma reação alérgica. A infecciosa (por bactéria) é muito contagiosa. Se começa por um olho, com certeza afetará o outro. E é purulenta. Por outro lado, as virais e as alérgicas apresentam pouca secreção. Produzem lágrimas claras e aquosas e pálpebras inchadas.

Tratamento da conjuntivite nas crianças e bebês

Deve-se consultar sempre o pediatra. No caso de infecção, ele receitará um antibiótico ou um colírio. Nos outros casos, se tratará usando colírios antiinflamatórios e antihistamínicos. Enxaguar o olho com soro fisiológico e, para evitar contágios, não se deve compartilhar toalhas da pessoa afetada de conjuntivite.


Recomendações

Para prevenir o contágio, tome as seguintes precauções:
• Lavar as mãos frequentemente;
• Evitar aglomerações ou frequentar piscinas de academias ou clubes e praias;
• Lavar com frequência o rosto e as mãos uma vez que estas são veículos importantes para a transmissão de microrganismos patogénicos;
• Não coçar os olhos;
• Aumentar a frequência com que troca as toalhas do banheiro e sabonete ou use toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos;
• Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente enquanto perdurar a crise;
• Não compartilhar o uso de esponjas, rímel, delineadores ou de qualquer outro produto de beleza;
• Evitar contato direto com outras pessoas;
• Evitar pegar crianças pequenas no colo;
• Não use lentes de contato durante esse período;
• Evitar banhos de sol. 

Meninas que Passam Por Aqui, Um Super BEIJO!
e Otima Semana!

Ps: Clau Amanhã Enviarei seu Brinco!! =)

Um comentário:

Bia Uhde disse...

oh dózinha....
ainda bem que passa...
ele ainda pode pegar conjutivite... eu nem posso pensar nisso!!!!!! fiz cirurgia a alguns anos..... mas ele sara logo..
beijos e melhoras pro pequeno!!!